Revista Princípios Digital

quarta-feira, 19 de junho de 2013

NOTA DO PCdoB-ES SOBRE AS MANIFESTAÇÕES DE JUNHO DE 2013



As manifestações em todo país refletem a força e o amadurecimento da nossa democracia. O clamor das ruas reforça as bandeiras há muito já defendidas pelo PCdoB, como o investimento de 10% do PIB e 100% dos Royalties do Pré Sal em educação, a reforma política com financiamento público de campanha e maior e mais profunda democratização do pais, uma reforma tributária que desonere o trabalhador e a melhora da qualidade do Sistema Único de Saúde.

Agora essas revindicações ganham as ruas através da voz indignada da juventude que de forma espontânea, e também organizada através da internet com múltiplas direções juvenis, chama atenção para uma pauta política de melhoria nos serviços públicos, elevação da qualidade de vida e aprofundamento da democratização do país.

No estado do Espírito Santo a manifestação aponta principalmente para os problemas de mobilidade urbana, desejos justos e também históricos. Desde 1987 o PCdoB-ES protagonizou essa luta que vem acumulando grandes vitórias que vão desde a criação do conselho tarifário, passando pela conquista da meia passagem, até o atual Passe Livre para estudantes de escolas públicas. Essas conquistas precisam avançar mais rumo ao atendimento da pauta dos movimentos organizados como sindicatos e entidades estudantis.

Nosso país é uma das nações mais ricas do mundo, com recursos naturais fabulosos, e nosso povo é trabalhador e honesto. Mas a riqueza que é produzido no Brasil fica nas mãos de aproximadamente 20 mil famílias de especuladores que não estão preocupados com uma nação melhor nem tão pouco com políticas públicas que favoreçam a maioria da população. Hoje o estopim dos protestos foi a situação deplorável dos transportes coletivos que escondem lucros fabulosos para os proprietários capitalistas. Mais do que isso, foi uma reação à brutalidade das investidas da Polícia Militar (PM), sobretudo no estado de São Paulo e Rio de Janeiro contra as manifestações populares. Essas ações truculentas que violam os direitos humanos mexem em feridas que não cicatrizarão e que já foram negativamente incorporadas à mentalidade da nossa gente. Não aceitaremos a ditadura nunca mais. Viva o aprofundamento da democracia construída pelo nosso povo e a liberdade de expressão e manifestação de todos e todas as pessoas de nossa nação.

O PCdoB-ES apoia o movimento e todas as formas de organizações populares na defesa de mais direitos para o povo e a ampla melhoria da qualidade de vida e de todos os serviços públicos como forma de pressão para o estabelecimento do diálogo permanente entre governo e sociedade civil. Orientamos toda a nossa militância comunista no Espírito Santo a defender nossa pauta política com a participação no movimento, nas manifestações e no amplo e democrático debate popular.


Comissão Política do Partido Comunista do Brasil no ES 
(PCdoB-ES), Vitória 19 de junho de 2013.

Nenhum comentário:

Postar um comentário